> Roccana Poesias: Chega

*

.
.

"Poesia traz vertigens. Ora cruel, ora leve, ela é desnuda."

.
.

8.2.06

Chega

cansei, enjoei,
não te quero mais
não faz sentido
não tem por que
não preciso disso
nem daquilo
não te quero assim
nem assado
nem vem
que não tem

Um comentário:

Elenara Castro Teixeira disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.