> Roccana Poesias: Hoje

*

.
.

"Poesia traz vertigens. Ora cruel, ora leve, ela é desnuda."

.
.

16.5.06

Hoje

várias palavras e rimas
vários sentimentos e versos
mas nada virou poesia
só o dia

6 comentários:

Leonardo disse...

ah... se todos os dias fossem assim, nem precisaria haver poesia! Como não são, que bom que tem você. :)

Rosa disse...

...amei, amei, amei...

Velazquez disse...

Lindo! Adoro escrever assim, também. É como me sinto livre.

Jonas Henrique disse...

Singeleza é algo que tem o poder de tocar os corações... Assim é este poema!
Parabéns pelo blog, vou visitá-lo sempre que possível!

Luís Galego disse...

Muito interessante as suas palavras...

Roberto disse...

Singela e linda essa poesia.

[]s,

Roberto