> Roccana Poesias: Toque

*

.
.

"Poesia traz vertigens. Ora cruel, ora leve, ela é desnuda."

.
.

23.3.07

Toque

fecho os olhos
e sinto agora
que estás perto de mim
mesmo que digas não
mesmo que negues tudo
mesmo que te recuses
mesmo que não suportes
mesmo que não me queiras
mesmo que te incomodes
mesmo que te enganes
mesmo que não percebas
fecho os olhos e quase te toco
quando toco em mim

2 comentários:

Anônimo disse...

Voc}e tem que editar um livro, Ana!

JAMES PIZARRO disse...

Lindíssimo. Sem comentários.
Beijo

JP