> Roccana Poesias: 06/2006

*

.
.

"Poesia traz vertigens. Ora cruel, ora leve, ela é desnuda."

.
.

9.6.06

Leveza

há em nós
uma delicadeza
um cuidado
uma leveza
há tanto carinho
tanto querer
tanto sussurro
há tanto arrepio
vontade
suavidade
e há uma carícia leve
tão breve
que nem sei se é real
ou se é sonho