> Roccana Poesias: Sinto

*

.
.

"Poesia traz vertigens. Ora cruel, ora leve, ela é desnuda."

.
.

22.6.07

Sinto

tua mão delineando meu rosto
os teus dedos
percorrendo suavemente
meus olhos fechados
e meu perfil

é o teu toque
reconhecendo a minha boca
minha pele
e minha alma

11 comentários:

marquinhos souza disse...

sensibilidade a flor da pele, a flor da alma, a flor do toque...

quiçá todos soubéssemos ter a sensibilidade da mais simples, porém sempre magnífica rosa!

beijos

Mustafa Şenalp disse...

çok güzel bir site.

Rosamaria disse...

Há tempos não vinha aqui. Dá pra sentir a paixão. Que bom!

Bjão.

Anônimo disse...

mt interessante o blogue. n conhecia.

deixo uma dica de um autor novo que merece ser divulgado:

www.tiagonene.pt.vu

Bi.

O Profeta disse...

Os sentidos têm um império...o amor...


Inventei uma cidade colorida
Pintei um lago ao pé da tua porta
Coroei-te com diadema de sal
Lancei à sorte esta folha já morta


Boa semana


Doce beijo

Capitão Ócio disse...

Oi! Faz tempo que você não vem nos visitar! Temos novas histórias para contar!

Braços!

adam brown disse...

Hello I just entered before I have to leave to the airport, it's been very nice to meet you, if you want here is the site I told you about where I type some stuff and make good money (I work from home): here it is

adam brown disse...

Hi again, see tthis is the site i told you i signed up to. It has some nice information about how to make money using OPP, i think you might find it interesting. here it is. bye!

Rui Caetano disse...

As mãos, os toques o reconhecimento, o ser! Um bom fim de semana.

mundo azul disse...

...é um momento mágico!
Lindos versos!
Beijos de luz...

Lerivan Ribeiro disse...

O sentir é um prazer sensorial reservado aos poucos que conseguem perceber além do toque...


Muito bom seu bolg!

bjus