> Roccana Poesias: Sinto

*

.
.

"Poesia traz vertigens. Ora cruel, ora leve, ela é desnuda."

.
.

22.6.07

Sinto

tua mão delineando meu rosto
os teus dedos
percorrendo suavemente
meus olhos fechados
e meu perfil

é o teu toque
reconhecendo a minha boca
minha pele
e minha alma

11 comentários:

marquinhos souza disse...

sensibilidade a flor da pele, a flor da alma, a flor do toque...

quiçá todos soubéssemos ter a sensibilidade da mais simples, porém sempre magnífica rosa!

beijos

Mustafa Şenalp disse...

çok güzel bir site.

Rosamaria disse...

Há tempos não vinha aqui. Dá pra sentir a paixão. Que bom!

Bjão.

Anônimo disse...

mt interessante o blogue. n conhecia.

deixo uma dica de um autor novo que merece ser divulgado:

www.tiagonene.pt.vu

Bi.

O Profeta disse...

Os sentidos têm um império...o amor...


Inventei uma cidade colorida
Pintei um lago ao pé da tua porta
Coroei-te com diadema de sal
Lancei à sorte esta folha já morta


Boa semana


Doce beijo

Capitão Ócio disse...

Oi! Faz tempo que você não vem nos visitar! Temos novas histórias para contar!

Braços!

Anônimo disse...

Hello I just entered before I have to leave to the airport, it's been very nice to meet you, if you want here is the site I told you about where I type some stuff and make good money (I work from home): here it is

Anônimo disse...

Hi again, see tthis is the site i told you i signed up to. It has some nice information about how to make money using OPP, i think you might find it interesting. here it is. bye!

Rui Caetano disse...

As mãos, os toques o reconhecimento, o ser! Um bom fim de semana.

mundo azul disse...

...é um momento mágico!
Lindos versos!
Beijos de luz...

Lerivan Ribeiro disse...

O sentir é um prazer sensorial reservado aos poucos que conseguem perceber além do toque...


Muito bom seu bolg!

bjus