> Roccana Poesias: Sim!

*

.
.

"Poesia traz vertigens. Ora cruel, ora leve, ela é desnuda."

.
.

25.10.12

Sim!

danem-se os indecisos
os que não se atrevem
os que não dizem não
os que negam até o o fim

danem-se os certinhos
os donos da verdade
os falsos moralistas
os cheios de razão

sumam da minha vida
os que dissimulam
os que (se) iludem
os que não se assumem como são

cansei de quem morre de medo
de quem morre de culpa
de quem não fala a verdade
de quem não diz a que vem

7 comentários:

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
Realmente devem sumir da nossa vida quem não está a fim de nada com a gente...
Bjs de paz e bem

Anônimo disse...

sac louis vuitton [url=http://www.cuirlv2013.fr]lunette louis vuitton pas cher[/url] pyamcf louis vuitton sac [url=http://www.lvsacnew.fr]sac louis vuitton[/url] jgkwip

Carlos Eduardo Leal disse...

A verdade como forma de coragem! Belíssimo!
abcs
Carlos Eduardo Leal

Carlos Eduardo Leal disse...

veredaspulsionais.blogspot.com

mariocampello disse...

Adorei te ler.
Obrigado.

Mário Campello

Vieira Calado disse...

Olá, boa noite!
MORRA DE MEDO, QUEM DISSER NÃO!

Saudações poéticas!

✿ chica disse...

UAU! Danem-se os que não sabem bem aproveitar a vida! LINDO! bjs, tuuuuuuuudo de bom,chica